5 lições de marketing inspiradas em Lady Gaga

Publicado: 02/08/2011 em Notícias

Pro Mariana Iwakura

Fãs de músicos costumam formar comunidades em torno de seus ídolos. E muitos desses grandes artistas entendem a importância dessa rede de pessoas não só para seu sucesso comercial mas também para a evolução do seu trabalho. Segundo o colunista da FastCompany Louis Marino, que trabalhou na indústria da música antes de atuar com marketing, a cantora Lady Gaga personifica esse conceito.

Ela mantém uma atuação pesada – e autêntica – nas redes sociais, com milhões de seguidores. Valoriza sua comunidade de fãs. E, por isso, as estratégias de marketing direcionadas ao consumidor final têm bastante a aprender com a artista. Marino elencou cinco lições (veja aqui o texto original, em inglês) que podem ajudar empresários a criar e engajar uma comunidade de “fãs” em torno da sua marca. Confira.

1. Mire indivíduos que pensam como você. Em vez de se concentrar em um gênero ou em uma etnia, envolva os consumidores em torno de um interesse em comum – como música. Se você entrega uma experiência ótima, relacionada a algo pelo qual os clientes são apaixonados, eles compartilham esse fato com sua comunidade e iniciam um grande movimento com a sua marca.

2. Seja vulnerável. Parte da ligação entre Lady Gaga e seus fãs se deve a um sentido de vulnerabilidade compartilhado entre eles – são todos “outsiders”, seja agora ou quando eram mais jovens. Portanto, eles têm de formar um grupo para pertencer a uma tribo. Quando as marcas são sinceras sobre aquilo que realmente representam, atraem consumidores dedicados.

3. Trate os consumidores como seus chefes. Lady Gaga valoriza e honra seus fãs. As marcas devem fazer o mesmo. Se os sonhos dos clientes viram a sua missão, eles se concentram em torno da sua marca, desenvolvendo uma comunidade poderosa.

4. Crie uma experiência coletiva. Isso é fácil com as mídias sociais, mas é preciso ser eficaz. Os artistas querem os fãs no seu dia a dia tanto quanto os fãs querem seus ídolos. Twitter e Facebook podem permitir que os consumidores sintam-se parte de um grupo relacionado à marca.

5. Melhore a empresa por meio da comunidade. Muitos bons artistas acreditam que são melhores por causa de seus fãs. Essa deve ser a missão de todas as empresas: melhorar seus produtos ou serviços por causa dos seus clientes.

Fonte: PapodeEmpreendedor.com, acessado em 02 de agosto de 2011.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s