Início de carreira pode ser complementado com palestras, feiras e congressos

Publicado: 29/02/2012 em Notícias

Especialistas explicam como tais eventos podem impulsionar trajetória profissional dos jovens; networking é destaque

Início de carreira muitas vezes é sinônimo de fraca experiência profissional. Todavia, embora tenham acabado de entrar no mercado de trabalho, isso não quer dizer que não há nada que os jovens possam mostrar. Os momentos iniciais da carreira podem e devem ser complementados pela participação em palestras, feiras e congressos.

A participação nesses eventos vai auxiliar na formação acadêmica e profissional dos jovens, sobretudo porque eles não vão ficar presos apenas ao que foi dado na sala de aula, explica a coordenadora do departamento de carreiras da Veris IBTA Metrocamp, Jamile Ferraresso. É claro que o conhecimento adquirido na faculdade é de extrema importância, mas tais eventos permitem algo a mais: “ele [jovem] tem a oportunidade de expandir e desenvolver tudo aquilo que aprendeu”, diz Jamile.

As atividades extracurriculares também possibilitam um tipo de acesso à informação bem diferente do que aquele que o aluno tem em sala de aula, diz o diretor nacional do curso de graduação em Administração da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing), Ilan Avrichir. As palestras, por exemplo, são dadas por profissionais bastante especializados.

Expandindo o networking Mais do que adquirir conhecimento adicional, os eventos possibilitam trabalhar o networking, ou seja, incrementar a rede de contatos. Uma coisa é frequentar a faculdade, ter colegas de turma e conhecer os professores. Outra coisa é, além disso, ainda participar de eventos como a Semana da Administração, a Semana da TI (Tecnologia da Informação), a Semana da Engenharia, promovidos pela faculdade, e entrar em contato com profissionais do mercado, empresas, professores de outras instituições e possíveis empregadores.

Em feiras, congressos e palestras são muitas as possibilidades. O estudante pode se deparar com uma oportunidade de emprego ou mesmo um trabalho voluntário. Pode encontrar contatos muito relevantes para sua carreira e ainda complementar sua formação adquirindo novos conhecimentos. Em um congresso, por exemplo, discutem-se os novos rumos da sua área, as novidades e as tendências. Estar antenado no que está acontecendo ajuda na construção da carreira.

Como aproveitar melhor esse momento? Jamile explica que, mais do que estar presente nesses eventos, o estudante deve observar algumas dicas. Em primeiro lugar, para aproveitar melhor o momento, ele deve ir por vontade própria, entendendo que aquilo não é uma obrigação, mas sim uma atividade que vai potencializar sua carreira.

Além disso, deve se lembre que conhecimento nunca é demais e estar aberto para ouvir novas opiniões e novas informações. Para tirar o maior proveito desse momento, ele ainda deve participar. Há basicamente dois comportamentos: o daqueles jovens que vão e assistem às palestras e o daqueles que vão, assistem, fazem perguntas e conversam com os palestrantes.

Esses eventos são feitos com o propósito de desenvolver os jovens profissionais, portanto, esteja certo de que todos estarão abertos às suas perguntas. “Eu vejo que muitos alunos ficam com dúvidas, mas ficam com vergonha de perguntar. Nós sugerimos que eles interajam ao máximo, e não participem apenas como ouvintes”, explica Jamile.

No currículo: informações complementares Ter participado do último congresso realizado pelos profissionais da sua área não é algo a ser ignorado. De acordo com Jamile, essa é uma informação que deve ser adicionada na parte de ‘informações complementares” do currículo. Isso basicamente mostra que o estudante tem interesse na sua área de atuação, que vai atrás do que está acontecendo e não se limita às aulas ministradas pela faculdade.

É uma informação que deve ser colocada de forma sucinta, começando com o último evento que você participou até o mais antigo. “No processo seletivo, os recrutadores abordam esse tema para entender qual foi a motivação do estudante para participar do evento e o que ele levou daquilo”, diz Jamile.

Organizando o evento Ilan Avrichir ainda observa que, se o aluno, mais do que participar, tiver a oportunidade de fazer parte do grupo que organiza esses eventos, isso é ainda mais interessante. “Ao participar do planejamento de um evento, ele vai experimentar as incertezas de organizar algo que envolve o uso de recursos”, diz.

“Se ele estiver envolvido diretamente na organização, ele vai ficar conhecido e vai conhecer pessoas”, destaca o diretor da ESPM, lembrando que congressos, feiras e palestras são eventos que permitem aos estudantes conhecer pessoas que dificilmente conheceriam em outras ocasiões.

Após uma palestra, você pode falar com o CEO de uma companhia, com o presidente de uma organização, com o diretor de comunicação de uma grande multinacional: basta esperá-lo e fazer suas perguntas. “Congressos são formas de você conhecer pessoas as quais só tem acesso através de livros ou da televisão”, finaliza o diretor.

Fonte: Administradores.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s